Por que histórias de infância

Criamos histórias de infância para jogadores de futebol para manter os fãs informados sobre os jogadores que amam. LifeBogger captura as histórias mais emocionantes, surpreendentes e fascinantes sobre as estrelas do futebol, com referência aos seus tempos de infância até hoje. É isso que somos!

Todo ser humano no planeta Terra tem uma história de infância e jogadores de futebol não são de planetas alienígenas. Nem são mutantes com superpotências e habilidades psíquicas. Na verdade, são humanos que podem rastrear sua descendência até os ancestrais terrestres.

Assim, como todos os seres humanos, jogadores, gerentes e até elite do esporte têm histórias de infância que detalham eventos fascinantes e emocionantes, desde seus anos de formação até a adolescência até a beira da idade adulta.

O Lifebogger detalha eventos notáveis ​​da infância de jogadores, gerentes e elite de futebol.
O Lifebogger detalha eventos notáveis ​​da infância de jogadores, gerentes e elite de futebol. Partida LR: Van Dijk, Luka Modric, Kylian Mbappe, Zinedine Zidane e Aleksander Ceferin. Créditos da Imagem: LB.

At Lifebogger, capturamos histórias da infância que são constituintes importantes das biografias interessantes que apresentamos sobre jogadores de futebol, dirigentes e elites de todo o mundo.

As razões por trás dessas nobres buscas são contribuir com nossa cota para melhorar o jogo de futebol, tendo em mente que as dores no início da vida, os ganhos e as vicissitudes de jogadores de futebol, gerentes e elite não apenas forneceriam algumas das lições mais valiosas vida, mas seja de interesse para aqueles que estão apenas começando sua própria jornada.

Biografias ou histórias verdadeiras de futebol estão entre outras coisas importantes para os jovens entusiastas do futebol.
Biografias ou histórias verdadeiras de futebol são importantes para jovens entusiastas do futebol, entre outras coisas. Crédito de imagem: GhHeadlines.

Resumidamente, este artigo tem como objetivo dar ao nosso público uma idéia abrangente do que somos, apresentando eventos do início da vida de jogadores de futebol, gerentes e elite sob títulos interessantes, bem concebidos, escritos de forma articulada e de tirar o fôlego.

Por que histórias da infância - Jogadores de futebol e elite que nasceram pobres

Alguns gênios e elites do futebol nasceram pobres, outros não herdaram nada e outros trabalharam para se desembaraçar das garras da pobreza. Qualquer que seja a inclinação dos eventos, a pobreza foi de fato um fator motivador que levou o famoso trapo a histórias de riquezas no futebol.

A palavra de letra caridosa e temida 7 se identifica com a vida e ascensão de Cristiano Ronaldo, trouxe o melhor em Luis Suarez, nem poupou elite; Roman Abramovich e Gianni Infantino, mas fez Gabriel Jesus chegar à fama motivando milhões de crianças carentes no Brasil.

Sofrendo, mas sorrindo, Christiano Ronaldo, Luis Suarez, Gianni Infantino e Gabriel Jesus tiveram dificuldades na vida.
Sofrendo, mas sorrindo, Cristiano Ronaldo, Luis Suarez, Gianni Infantino e Gabriel Jesus tiveram dificuldades na vida. Créditos da Imagem: LB.

A pobreza tornou-se um poderoso motivador, apesar de ser trágica para esses jogadores de futebol. Felizmente, o jogo de futebol se tornou o veículo para eles melhorarem suas circunstâncias financeiras.

Por que histórias da infância - Jogadores de futebol e elite que nasceram ricos

Por outro lado, vários gênios e elite do futebol nasceram ótimos, alguns com colheres de prata e outros com chupeta de diamante. Como resultado, eles tiveram um ótimo começo de vida e viveram muito acima das margens de pobreza.

Os gostos de Aleksander Caferin e Michel Platini foram equipados com o apoio necessário para viver uma ótima vida, enquanto uma série de jogadores de futebol como Mario Götze, Andrea Pirlo e Gerard Pique não eram estranhos à riqueza antes de alcançar a fama.

Mario Gotze, Gerard Pique e Andrea Pirlo nasceram em famílias ricas.
Mario Gotze, Gerard Pique e Andrea Pirlo nasceram em famílias ricas. Créditos da Imagem: LB.
Por que histórias da infância - Jogadores de futebol que sobreviveram a guerras e tumultos quando crianças

A história de infância de um grande número de outros jogadores de futebol não pode ser contada sem levar os fãs a uma emocionante jornada de guerras civis e tumultos que poderiam ter exterminado os jogadores.

Um olhar sobre o início da vida de nigerianos Victor Moses fala do efeito devastador dos distúrbios no norte da Nigéria, nem Juan Cuadrado e Serge Aurier tenha boas lembranças de violência na cidade colombiana de Necocli e Costa do Marfim, respectivamente.

Juan Cuadrado é um dos poucos jogadores de futebol que sobreviveram a guerras e tumultos durante a infância
Juan Cuadrado é um dos poucos jogadores de futebol que sobreviveram a guerras e tumultos durante a infância. Crédito de imagem: LB.
Por que histórias da infância - Jogadores de futebol que estavam mortos há muito tempo quando criança

Muito antes de conhecer o jogo de futebol, Diego Costa teve uma experiência ruim que quase fez sua vida desaparecer.

Diego Costa Childhood Story

Um evento terrível aconteceu naquela época, Costa tinha apenas seis meses de idade. Ele foi deixado por sua mãe, que foi lavar a louça. Little Costa adormeceu em um colchão em seu quarto sem saber que havia uma cobra venenosa atrás dele. Quando a mãe dele voltou da cozinha para a cama de Costa, ela viu uma cobra venenosa se aproximando de seu bebê.

Josileide da Silva Costa pensara que era um pedaço de fita, mas esse objeto que ela considerava como uma fita estava em movimento em direção ao filho. Com um movimento rápido, ela rapidamente puxou a mão de Costa para evitá-lo da picada da cobra venenosa que salvava sua vida.

Por que histórias da infância - Jogadores de futebol cujos pais eram lendas do esporte

Não há como negar o fato de que a orientação ajudou os aspirantes a jogadores de futebol a ver a esperança dentro de si, especialmente quando os mentores não são outras pessoas, mas pais biológicos para os mentorados.

Sem mais clichês como pai, como filho, temos Thiago Alcantara que levou o pai Mazinho. Outros incluem Saul Niguez que trilhou os caminhos de seu pai Antonio, bem como Sergio Busquets que foi inspirado no pai dele, Carlos. Qualquer outra forma de patrimônio poderia ser mais rica?

Thiago Alcantara, Saul Niguez e Sergio Busquets são filhos de lendas do futebol.
Thiago Alcantara, Saul Niguez e Sergio Busquets são filhos de lendas do futebol. Créditos da Imagem: LB.
Por que histórias da infância - Jogadores de futebol que abandonaram a escola

Alguns gênios do futebol nunca tiveram paciência para se sentar e receber instruções dos professores, enquanto outros não se formaram no ensino médio, pois suas carreiras tiveram uma ascensão ilustre durante a adolescência.

Os jogadores de futebol incluem lendas como Pelé, e ex-jogador profissional de futebol brasileiro e embaixador do Barcelona - Ronaldinho. Passando para jogadores dentro da faixa etária do milênio - no momento da redação deste artigo -, temos gostos de Cristiano Ronaldo e estrela de Barcelona - Lionel Messi que não concluíram o ensino convencional.

Ronaldinho, Messi e Pelé tiveram um histórico educacional instável durante a infância.
Ronaldinho, Messi e Pelé tiveram um histórico educacional instável durante a infância. Créditos da Imagem: LB.
Por que histórias da infância - Jogadores de futebol que quase deixaram de jogar

Diz-se que quando as coisas ficam difíceis, as coisas duram. A máxima foi validada ao longo dos anos em todos os campos dos empreendimentos humanos, exceto no futebol. De fato, ajudou a garantir que o mundo não perdesse jogadores profissionais que poderiam ter desistido por muito tempo durante a carreira.

Muitos não sabem disso Wayne Rooney's o amor pelo futebol se desfez como um baralho quando ele era apenas um garoto de dez anos da 14. Da mesma forma, não haveria emoção Ibrahimovich no mundo do futebol, se ele não falasse em favorecer a vida nos estaleiros. Da parte dele, Alisson Becker's os pais quase o tiraram do futebol porque ele continuava registrando lento crescimento biológico, mesmo com a idade do 15.

O jovem Wayne Rooney e Ibrahimovich quase pararam de jogar futebol.
O jovem Wayne Rooney e Ibrahimovich quase pararam de jogar futebol. Créditos da Imagem: LB.
Por que histórias da infância - Jogadores de futebol que começaram como jogadores de campo externo

Dinâmica é uma palavra que não é encontrada apenas nos textos de Física, existe no futebol, uma vez que o esporte também se refere à Física. Tudo começa com o primeiro passo significativo que os jogadores de futebol dão desde cedo, chutando uma bola por diversão. Depois disso, eles se envolvem em futebol de rua ou treinam com equipes locais e academias de clubes.

Enquanto os prodígios do futebol estão nisso, eles são julgados em posições diferentes até que sua área ou forte seja estabelecida. Portanto, não é de surpreender que alguns tenham se desviado de posições defensivas para exercer seu comércio antecipadamente como atacantes, enquanto alguns Thibaut Courtois caiu um passo atrás de ser um zagueiro para se tornar um goleiro de pleno direito. Similarmente, David Gea era jogador de campo, até se sentir em casa nas dimensões de um poste.

David Gea e Thibaut Courtois treinaram primeiro como jogadores de campo antes de se tornarem goleiros
David Gea e Thibaut Courtois treinaram primeiro como jogadores de campo antes de se tornarem goleiros. Créditos da Imagem: LB.

VERIFICAÇÃO DE FATO: Obrigado por ler as nossas histórias sobre a infância. At LifeBogger, nós nos esforçamos para precisão e justiça. Se você encontrar algo que não parece certo, por favor, compartilhe conosco comentando abaixo. Sempre valorizaremos e respeitaremos suas ideias.

Carregando ...